Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular do fator aderência localizada de Escherichia coli enteropatogênica atípica

Processo: 06/50398-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2006
Vigência (Término): 22 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Isabel Cristina Affonso Scaletsky
Beneficiário:Isabel Cristina Affonso Scaletsky
Anfitrião: James B. Kaper
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Maryland, Baltimore (UMB), Estados Unidos  
Assunto(s):Adesinas de Escherichia coli   Escherichia coli

Resumo

Estudando recentemente uma amostra de EPEC atípica 22 (026:H11) por apresentar o padrão AL em 3 horas de contato com células HEp-2, identificamos dois novos fatores de aderência. A primeira adesina, afimbrial, é codificada pelo lócus cromossômico Ida, que expressa aderência difusa quando clonada em E. coli K12. A segunda adesina é codificada por um plasmídio, pIJ22, que quando presente em E. coli XL-10, esta apresenta a formação de microcolônias aderidas a células HEp-2. Mutação no gene IdaG na amostra 22 curada do pIJ22, que aboliu a aderência bacteriana a células HEp-2, foi complementada com o pIJ20 (Ida+), restabelencendo-se apenas a adesão difusa. O presente projeto tem como objetivo caracterizar os genes de aderência localizada presentes no pIJ22. (AU)