Busca avançada
Ano de início
Entree

A escola incusica para surdos: refletindo sobre o intérprete de língua de sinais em sala de aula

Processo: 01/10256-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 13 de janeiro de 2003
Vigência (Término): 12 de junho de 2003
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Pesquisador responsável:Cristina Broglia Feitosa de Lacerda
Beneficiário:Cristina Broglia Feitosa de Lacerda
Anfitrião: Virginia Volterra
Instituição-sede: Faculdade de Ciências da Saúde. Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Instituto Educacional Piracicabano. Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Consiglio Nazionale delle Ricerche (CNR), Itália  
Assunto(s):Educação especial   Inclusão escolar   Surdez

Resumo

O aluno surdo após anos de escolarização não atinge, em geral, os objetivos esperados. Estudos indicam que tal fracasso é devido à sua condição lingüística especial, pouco respeitada. Os conteúdos ministrados em Português são pouco acessíveis para eles, e a opção pela Inclusão Escolar, revela um problema - educar surdos em classes regulares, levando em conta suas peculiaridades. Uma estratégia para superar tal questão é a inserção de intérpretes de Língua de Sinais com o aluno em sala de aula, para que este tenha acesso aos conteúdos escolares. Este projeto visa entrevistar os intérpretes, professores e alunos (surdos e ouvintes) envolvidos em uma proposta de Inclusão, procurando melhor compreender essa experiência e discutir sua pertinência às necessidades da comunidade surda. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CRISTINA BROGLIA FEITOSA DE LACERDA. O que dizem/sentem alunos participantes de uma experiência de inclusão escolar com aluno surdo. Rev. bras. educ. espec., v. 13, n. 2, p. 257-280, Ago. 2007.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.