Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de três escalas de mensuração de Burnout: estudo transcultural em estudantes universitários de Portugal e do Brasil

Processo: 10/09295-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 13 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Fundamentos e Medidas da Psicologia
Pesquisador responsável:Juliana Alvares Duarte Bonini Campos
Beneficiário:Juliana Alvares Duarte Bonini Campos
Anfitrião: João Maroco
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), Portugal  
Assunto(s):Escalas   Esgotamento profissional   Psicometria

Resumo

O objetivo deste estudo é realizar a adaptação transcultural para o português de três escalas de mensuração de Burnout em estudantes universitários em consonância com o novo acordo ortográfico fixado entre os países de língua oficial portuguesa e estudar sua confiabilidade e validade. A amostra será constituída por estudantes de ensino superior, voluntários, matriculados em Instituições portuguesas e brasileiras. Para caracterização da amostra serão levantadas informações sócio-demográficas e para avaliação do estado de Burnout será utilizado o Inventário de Burnout de Maslach (MBI-SS), o Inventário de Oldenburg (OLBI) e o Inventário de Copenhagen (CBI). Esses serão adaptados para aplicação em estudantes e elaborados em português seguindo-se os critérios de Validação de Face e Conteúdo. Um sítio na Internet será elaborado para abrigar o questionário sócio-demográfico e os inventários. Estes questionários estarão disponíveis on-line para preenchimento durante 7 meses do ano letivo. Para adequação da técnica de aplicação dos instrumentos de medida será realizado estudo piloto. Para estimar a confiabilidade dos inventários será realizada a estatística Kappa (k) com ponderação linear e o Coeficiente alpha de Cronbach (a). A validade fatorial dos modelos resultantes das três escalas propostas (MBI-SS, OLBI, CBI) será avaliada por meio de análise fatorial confirmatória. Será estimada a validade convergente e discriminante dos instrumentos. A validade concorrente será analisada por análise correlacional entre os scores obtidos com as escalas. Será realizada análise fatorial confirmatória multigrupos para avaliar a invariância do modelo na amostra portuguesa e brasileira. (AU)