Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da toxicidade de misturas de herbicidas em peixes

Processo: 10/07118-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Novas Fronteiras
Vigência (Início): 31 de julho de 2010
Vigência (Término): 24 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Mônica Accaui Marcondes de Moura e Mello
Beneficiário:Mônica Accaui Marcondes de Moura e Mello
Anfitrião: Antonio Jose Arsenia Nogueira
Instituição-sede: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Assunto(s):Ecotoxicologia

Resumo

Os herbicidas são amplamente empregados em atividades agrícolas, conhecidas como fontes de poluição difusa de águas superficiais e subterrâneas. O impacto desta utilização sobre a qualidade das águas, entretanto, é pouco conhecido e tem sido alvo de estudos em todo o mundo, sendo que já se observaram efeitos mutagênicos e genotóxicos em peixes expostos a herbicidas. A cultura agrícola predominante no Estado de São Paulo é a cana-de-açúcar, compreendendo, aproximadamente, cinco milhões de hectares plantados. A mistura de herbicidas no tanque de pulverização é uma prática comum entre os produtores, ainda que seja proibida por lei. Assim sendo, o objetivo deste estudo é avaliar a toxicidade das misturas dos herbicidas tebuthiuron, ametrina e do produto comercial Velpar K (diuron e hexazinone), amplamente empregados na cultura canavieira, para o paulistinha (Danio rerio), através de estudos de exposição em curto e longo prazo; quantificação de biomarcadores bioquímicos de exposição (colinesterase - ChE; glutadiona S-transferase - GST; lactato desidrogenase - LDH). A CL50-96h das misturas será calculada pelo método de Análise de Probito e avaliação de parâmetros bioquímicos, pelo módulo "One Way ANOVA", ambos contidos no STATGRAPHICS PLUS 5. O nível de significância será estabelecido como sendo P < 0,05. Será realizada a parametrização do modelo de avaliação de efeitos das misturas empregadas, calculando-se os parâmetros dos modelos e respectivas medidas de variabilidade, assim como os parâmetros estatísticos que permitem a comparação das diversas variantes e a seleção automática do modelo e desvios mais adequados a cada caso. Espera-se que, com os resultados obtidos neste projeto, seja possível determinar o potencial toxicológico das misturas de herbicidas testadas para o paulistinha, avaliando, se for o caso, seu uso no manejo da cultura de cana-de-açúcar. Espera-se também disponibilizar informações que auxiliem no estabelecimento de concentrações máximas permissíveis de contaminantes nos corpos de água, visando à proteção das comunidades aquáticas e à saúde pública, uma vez que o potencial consumidor final deste recurso é o homem. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOURA, MONICA A. M.; OLIVEIRA, RHAUL; JONSSON, CLAUDIO M.; DOMINGUES, INES; SOARES, AMADEU M. V. M.; NOGUEIRA, ANTONIO J. A. The sugarcane herbicide ametryn induces oxidative stress and developmental abnormalities in zebrafish embryos. Environmental Science and Pollution Research, v. 25, n. 14, SI, p. 13416-13425, MAY 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.