Busca avançada
Ano de início
Entree

Em defesa das Américas: Nelson Rockefeller, os Estados Unidos e o Brasil na Guerra Fria (1945-1964)

Processo: 04/07178-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de outubro de 2004
Vigência (Término): 30 de novembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Pedro
Beneficiário:Antonio Pedro
Anfitrião: Barbara Weinstein
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Sociais. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Maryland, College Park, Estados Unidos  
Assunto(s):Diplomacia

Resumo

O projeto tem por objetivo analisar as relações entre o Brasil e os Estados Unidos durante o período da chamada Guerra Fria, mais precisamente entre 1945 e 1964. A ênfase será nas relações culturais (oficiais e não oficiais). O estudo se propõe investigar o envolvimento de Nelson Rockefeller com as artes no Brasil e verificar se isto pode ser visto como forma de combate à sociedades não-liberais (leia-se comunistas). Conjugar investimentos em atividades econômicas com estímulo à manifestação da arte moderna e outras expressões culturais (highbrow e lowbrow) pode ser considerada uma fórmula, usada por Nelson e o governo americano, para "ajudar" países pobres como o Brasil e assim preservá-los da ameaça comunista. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: