Busca avançada
Ano de início
Entree

O império colonial português na economia política portuguesa (fins do século XVIII ao primeiro terço do Século XIX)

Processo: 96/09208-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 02 de janeiro de 1997
Vigência (Término): 01 de março de 1997
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Penalves Rocha
Beneficiário:Antonio Penalves Rocha
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), Portugal  
Assunto(s):Portugal

Resumo

A pesquisa, para qual solicito financiamento, tem o propósito de fazer um levantamento e um exame dos textos portugueses dedicados à Economia Política entre os fins do século XVIII e o primeiro terço do século XIX, que deram destaque às relações entre Portugal e suas colônias. Com isto, pretendo complementar uma outra pesquisa feita sobre a Economia Política no Brasil (financiada pela FAPESP) dentro dos mesmos marcos cronológicos, por mim realizada ao longo dos anos 80, que se tomou uma Tese de Doutorado em 1989, sobre os vínculos entre a instalação da Corte portuguesa no Brasil e a difusão da Economia Política na colônia. Em última análise, o que se quer é, em primeiro lugar, compreender as relações entre os registros existentes daquilo que se pensou em Portugal, por meio das categorias da Economia Política, sobre as colônias - principalmente sobre o Brasil, transformado em sede do império colonial - e a teia de interesses metropolitanos, para, em segundo lugar, comparar com o que se pensou nos mesmos termos no Brasil. Nesse levantamento, se verificará o que há sobre o assunto na Biblioteca da Academia das Ciências de Lisboa, na Biblioteca da Ajuda, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo e na Biblioteca Nacional de Lisboa. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.