Busca avançada
Ano de início
Entree

Singularidades do humoralismo inglês entre os séculos XVI e XVIII

Processo: 05/50506-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 15 de junho de 2005
Vigência (Término): 30 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História das Ciências
Pesquisador responsável:Vera Cecília Machline
Beneficiário:Vera Cecília Machline
Anfitrião: Piyo M Rattansi
Instituição-sede: Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of London, Inglaterra  
Assunto(s):História da medicina   Temperamento   Teoria humoral

Resumo

Integrando o Projeto Temático FAPESP Nº 99/12791-3, neste projeto pretende-se investigar duas singularidades do humoralismo inglês entre os séculos XVI e XVIII. A primeira é o consenso dos ingleses desde o Seiscentos de ser grande a variedade de "humores" - no sentido de tipos originais e excêntricos - entre os nativos da Inglaterra. Proposta como uma possível explicação deste apanágio, a segunda é o "esplim inglês", i.e., a indisposição melancólica no século XVIII reputada própria dos ingleses. Apesar de características do Setecentos, estas singularidades teriam raízes no vigentes enquanto a segunda derivaria de uma tendência de atribuir ao baço a sede da antiga bipocondria. (AU)