Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular do gene V17 de Aspergillus nidulans

Processo: 93/00003-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de abril de 1993
Vigência (Término): 30 de junho de 1994
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Marisa Vieira de Queiroz
Beneficiário:Marisa Vieira de Queiroz
Anfitrião: Claudio Scazzocchio
Instituição-sede: Pessoa Física
Local de pesquisa : Université Paris-Sud (Paris 11), França  
Assunto(s):Aspergillus nidulans   Caracterização molecular   Duplicação cromossômica   Mutação

Resumo

O fungo filamentoso Aspergillus nidulans é um ascomiceto bastante utilizado em estudos genéticos e moleculares. Este microrganismo possui um mapa genético bem definido pela genética clássica, que agora está sendo complementado pela genética molecular. As técnicas de transformação e de genes vêm sendo utilizadas rotineiramente neste organismo, permitindo o esclarecimento de questões que não poderão ser completamente elucidadas pela genética clássica. Uma dessas questões está acionada com as duplicações cromossômicas e seus efeitos na estabilidade mitótica deste microrganismo. As linhagens "A" e "B" de A. nidulans apresentam uma duplicação de parte do grupo de ligação I, translocada para o grupo de ligação II, produzindo três tipos de setores: melhorados, deteriorados e heterocarióticos. Vários deteriorados tiveram seus determinantes de deterioração mapeados em diferentes cromossomos, sugerindo a existência de um elemento transponível. Este teria sido ativado pela presença da duplicação. No entanto, seria necessário comprovar a existência desse elemento por meio de sua clonagem, sequenciamento e análise do seu mecanismo de ação. A mutação V17 em A. nidulans, surgiu espontaneamente na linhagem "B" deste organismo. Ela leva a produção de conídios com uma atenuação na coloração destes. Esta mutação apresenta uma certa instabilidade quando presente em determinados genomas, revertendo constantemente. Este gene foi clonado através de transformação da linhagem mutante com um banco genômico de uma linhagem selvagem. O objetivo deste projeto é analisar o gene V17 por meio do seu sequenciamento, da sua respectiva mutação e estudar o envolvimento desta com a duplicação cromossômica presente nesta linhagem. Além disso, caracterizar melhor este gene por meio da análise do seu RNA, sua regulação durante o desenvolvimento e a relação com outros genes de pigmentação já descritos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.