Busca avançada
Ano de início
Entree

Assimilação de dados de aerossóis na região da América do Sul

Processo: 10/10796-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Dirceu Luis Herdies
Beneficiário:Dirceu Luis Herdies
Anfitrião: Arlindo da Silva
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : National Aeronautics and Space Administration, Greenbelt (NASA), Estados Unidos  
Assunto(s):Aerossóis   Filtros de Kalman

Resumo

Estudos têm mostrado a importância dos aerossóis no balanço radiativo, pois afetam diretamente a quantidade de radiação solar refletida de volta ao espaço, devido ao espalhamento causado por eles. Alguns tipos de partículas têm a propriedade de absorverem radiação solar e praticamente todos os tipos absorvem radiação de onda longa aumentando a quantidade de radiação retida na atmosfera. Além dos efeitos diretos, os aerossóis afetam na microfísica das nuvens, pois eles servem como núcleos de condensação. Maior concentração de núcleos leva a um número maior de gotículas, porém menores, modificando o regime de precipitação e o albedo da nuvem, afetando o balanço radiativo. Percebendo a importância dos aerossóis, viu-se a necessidade de quantificar e otimizar suas fontes, distribuições e sumidouros na troposfera como simulado em modelos químicos da atmosfera. Esta avaliação pode ser feita através de métodos de assimilação de dados incluindo fontes de medições de satélite e de superfície. Neste estudo será utilizado o sistema de assimilação baseado na metodologia variacional em três dimensões (3D-Var) no modelo químico-meteorológico GEOS-5 do GSFC/NASA, no qual será verificado o impacto da assimilação de aerossóis na região da América do Sul. (AU)