Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação mutacional de bactérias ao meio: polimorfismo de ppGpp

Processo: 05/01049-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Novas Fronteiras
Vigência (Início): 03 de julho de 2006
Vigência (Término): 02 de julho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Beny Spira
Beneficiário:Beny Spira
Anfitrião: Thomas Ferenci
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Sydney, Austrália  
Assunto(s):Adaptação ambiental   Expressão gênica   Polimorfismo genético

Resumo

A adaptação de bactérias ao ambiente é caracterizada pela regulação da expressão de genes relacionados à resposta a diferentes condições ambientais, tais como a disponibilidade de nutrientes, temperatura e osmolaridade. Há, entretanto, uma forma mais básica e não menos importante de adaptação que envolve a seleção de mutações em genes com função regulatória. Este tipo de adaptação ambiental leva geralmente ao "pleiotropismo antagônico", ou seja, a presença de um determinado alelo ou mutação beneficia a adaptação da população bacteriana a uma determinada situação ambiental, mas acaba prejudicando outro aspecto do metabolismo bacteriano. Um exemplo clássico é o poliformismo do gene rpoS que codifica ao fator σs da RNA polimerase. Neste projeto estaremos examinando o polimorfismo de diversas cepas ambientais e patogênicas de E. coli em relação aos níveis de ppGpp e em relação aos alelos dos genes responsaveis pela sintese desta molécula- relA e. Estaremos também testando a vantagem seletiva dos diversos alelos de relA e spoT em situações de limitação nutricional e competição entre diferentes cepas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.