Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação da variação genética em dois plantéis de reprodutores de Litopenaeus vannamei utilizando a técnica de RAPD

Processo: 00/07629-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2000
Vigência (Término): 31 de março de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Pedro Manoel Galetti Junior
Beneficiário:Marcos Román Calgaro
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil

Resumo

Há aproximadamente 4000 anos, na China nascia a aqüicultura. Na América do Sul, em princípio, a atividade não se desenvolveu em todo seu potencial, no entanto, nos últimos anos tem-se notado um crescente interesse. O cultivo de camarões marinhos (carcinicultura), tem experimentado um grande desenvolvimento nas últimas décadas. No Brasil, a atividade iniciou-se nos anos 70 com espécies nativas. Posteriormente, foi introduzida a espécie exótica Litopenaeus vannamei. As possibilidades de melhoramento genético de organismos aquáticos são excelentes. Na carcinicultura, estudos genéticos tem sido aplicados a diferentes níveis, desde a citogenética até a aplicação de marcadores moleculares. Com o desenvolvimento de marcadores baseados em PCR, estes têm experimentado uma grande evolução. Um dos avanços ocorreu em 1990 com a técnica de RAPD, a qual envolve o uso de "primer'' mais curtos e arbitrários. No presente trabalho serão estudados dois plantéis do camarão marinho Litopenaeus vannamei, determinando-se a variação genética através de análises moleculares utilizando RAPD. Desta manera poderá se estimar a distância genética entre os estoques estudados, como também criar uma base de dados dos "primers" de RAPD que caracterizem marcadores moleculares para a espécie. (AU)