Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização eletroquímica do aço inoxidável Uns S13254 em meios que simulem fluidos biológicos visando o seu emprego em implantes ortopédicos

Processo: 01/10051-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2002
Vigência (Término): 30 de abril de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Silvia Maria Leite Agostinho
Beneficiário:Mónica Luísa Chaves de Andrade Afonso
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Serão realizados estudos eletroquímicos de interfaces aço inoxidável UNS S13254/fluidos biológicos na ausência e presença de proteínas visando caracterizar o material ferroso e discutir a viabilidade do seu emprego em implantes ortopédicos. Os estudos serão feitos em meios de cloreto de sódio, com adição de outros íons presentes nos referidos fluidos e empregando, como proteínas, a albumina e o fibrinogênio, fazendo-se variar o pH, a força iônica e a temperatura. Os estudos serão comparados com os que já estão sendo realizados neste laboratório, envolvendo os aços 316L, F138 e ISO 5832-9 em igualdade de condições experimentais. Curvas de polarização potenciostática, voltametria cíclica e impedância eletroquímica serão utilizadas com o objetivo de caracterizar o material no tocante à sua resistência à corrosão por pites e por frestas e de verificar a adsorção das proteínas e propor modelos de isotermas. Ensaios por espectroscopia Raman "in situ" permitirão elucidar a presença, e a distribuição espacial das macromoléculas (proteínas) na interfase. Testes cíclicos permitirão estabelecer comparações sobre a resistência à corrosão sob fadiga envolvendo os aços 254 e ISO 5832-9. Ensaios por microscopia permitirão caracterizar as superfícies metálicas. Análise por espectrometria de emissão permitirão detectar a presença de íons metálicos em solução provenientes da oxidação dos materiais terrosos e a existência ou não de dissolução seletiva. (AU)