Busca avançada
Ano de início
Entree

Adição de alilsilanos a aldeídos oligopeptidicos: aplicação na síntese de análogos de peptídeos modificados que podem atuar como inibidores da HIV-1 protease

Processo: 99/01269-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 1999
Vigência (Término): 30 de abril de 2001
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Dias
Beneficiário:Edilson Ferreira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

O objetivo deste trabalho é preparar aminoálcoois quirais que são intermediários em potencial para a preparação de peptídeos hidroxietileno isósteros, compostos que são utilizados como blocos de construção para a síntese de análogos de peptídeos modificados que atuam como inibidores da HTV-1 protease. Como os inibidores contendo um isóstero de dipeptídeo hidroxietileno mimetizando o estado de transição são os mais potentes nós decidimos preparar uma série de inibidores da renina com diferentes propriedades de solubilidade e absorção. Neste Projeto pretendemos desenvolver metodologia de obtenção de vários produtos e ensaios biológicos de toxicidez e efetividade anti-HIV. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FERREIRA, Edilson. Adição de aliltricloroestananas a aldeidos dipeptidicos. 2001. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Quimica.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.