Busca avançada
Ano de início
Entree

Emprego da flotação de alta taxa como pós-tratamento do efluente de sistema constituído de reator anaeróbio seguido de reator aeróbio tratando esgoto sanitário

Processo: 00/07797-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2000
Vigência (Término): 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marco Antonio Penalva Reali
Beneficiário:Renata Cristina Moretti
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Tratamento de esgotos sanitários   Flotação   Reatores anaeróbios

Resumo

No trabalho de mestrado desenvolvido pela proponente foi estudado o processo de flotação por ar dissolvido (FAD) aplicado à clarificação final do efluente de sistema seqüencial de tratamento biológico de esgoto sanitário, constituído de reator anaeróbio (UASB) seguido de lagoa aerada, onde foi constatado o excelente desempenho da flotação em escala de laboratório. Em continuação a esse trabalho, está sendo proposto o presente projeto de pesquisa a nível de doutorado, envolvendo o estudo da potencialidade da aplicação de unidade piloto de flotação por ar dissolvido de alta taxa (FADAT) como parte final de sistema de tratamento seqüencial de esgoto sanitário, envolvendo processo anaeróbio seguido de aeróbio. Esse estudo visa a maximização da eficiência do tratamento (remoção de adicional de carga orgânica, de sólidos suspensos, além da remoção de fósforo), investigando as melhores condições de coagulação e floculação no emprego do cloreto férrico como coagulante e de polímeros sintéticos e naturais como auxiliares de floculação/flotação. Para as melhores condições de pré-condicionamento químico será investigada a influência dos seguintes parâmetros na flotação: i) Taxa de Aplicação Superficial (TAS), com respectivos números de Reynolds associados ao escoamento entre as placas do flotador e ii) quantidade de ar (microbolhas) fornecida, ao processo de flotação, com vistas à minimização do consumo de energia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORETTI, Renata Cristina. Emprego da flotação lamelar de alta taxa e convencional como pós-tratamento do efluente de sistema constituído de reator anaeróbio seguido de reator aeróbio tratando esgoto sanitário. 2005. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Engenharia de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.