Busca avançada
Ano de início
Entree

Espectroscopia no visível e ultravioleta no vácuo em Tokamak Nova UNICAMP

Processo: 97/12319-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 1998
Vigência (Término): 31 de agosto de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Munemasa Machida
Beneficiário:Andre Mascia Daltrini
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Espectrômetros   Tokamaks   Reciclagem

Resumo

Utilizando dois espectrômetros calibrados, um no visível e outro no ultra-violeta do vácuo, serão estudadas as emissões espectrais do plasma de hidrogênio para cálculos de taxa de reciclagem e tempo de confinamento de Tokamaks, e as emissões espectrais de impurezas para a determinação da temperatura iônica em várias regiões internos do plasma. No estudo do tempo de confinamento e taxa de reciclagem o objetivo é verificar a aparente incongruência no uso de várias unhas de emissão da série de Balmer e Lyman, obtendo resultados diferentes para os parâmetros acima. A determinação da temperatura iônica via espectroscopia no vácuo é ainda inexistente nos Tokamaks nacionais que pretendemos implantar com este projeto como conseqüência direta do uso do espectrômetro na região de ultra-violeta do vácuo. (AU)