Busca avançada
Ano de início
Entree

Paracoccidioidomicose pulmonar em camundongos geneticamente deficientes da enzima óxido-nítrico-sintase induzida (iNOS)

Processo: 02/10362-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Vera Lucia Garcia Calich
Beneficiário:Simone Bernardino
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/13766-0 - Paracoccidioidomicose pulmonar em camundongos isogênicos: caracterização de mediadores da imunidade natural e adquirida que determinam resistência ao fungo, AP.TEM
Assunto(s):Paracoccidioidomicose   Óxido nítrico sintase tipo II   Fungicidas   Citocinas   Macrófagos alveolares

Resumo

Este trabalho pretende estudar a importância do óxido nítrico na paracoccidioidomicose pulmonar murina. Para tanto, será desenvolvido modelo de infecção utilizando camundongos C57BL/6 geneticamente deficientes para o gene da NO- Sintase-Induzida (iNOS KO) e seus controles normais. Os animais serão infectados por via intratraqueal com um milhão de leveduras viáveis do isolado virulento Pb18 do P. brasiliensis. Grupos de animais serão sacrificados 48h, 2 e 12 semanas após a infecção e estudados comparativamente quanto: a gravidade da infecção (UFC), histologia, sobrevida, presença de citocinas pró- e anti-inflamatórias em vários órgãos, reações de HTT, produção de anticorpos, composição celular e atividade fungicida e secretora de maerófagos alveolares. (AU)