Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição espacial e temporal de sítios de vocalização de anuros em lagoas naturais de cerrado em Itirapina, SP

Processo: 02/00486-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2002
Vigência (Término): 21 de abril de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Marcio Roberto Costa Martins
Beneficiário:Juliana Lima de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/12339-2 - História natural, ecologia e evolução de vertebrados brasileiros, AP.TEM

Resumo

O presente projeto visa apontar os fatores responsáveis pela distribuição espacial e temporal de sítios de vocalização de anuros dentro de lagoas naturais temporárias em cerrados da região de Itirapina (SP) e averiguar se os indivíduos de determinadas espécies em cada lagoa constituem unidades demográficas independentes. O trabalho será realizado em três lagoas temporárias naturais na Estação Ecológica de Itirapina, Instituto Florestal do Estado São Paulo. As visitas ao campo serão feitas a cada 15 dias. As lagoas serão mapeadas e divididas em quadrantes de 25 m2 para avaliar a distribuição espacial e sazonal dos machos ao longo da estação chuvosa de 2002/03 e as características físicas do ambiente. Em cada lagoa será sorteado cerca de 5% da área total. Os turnos de vocalização na primeira metade da noite (entre 17:00 e 24:00h) serão caracterizados por monitoramento de vocalizações, feitos por gravações a cada 30 minutos, realizados durante as amostragem dos quadrados. Para as espécies que apresentarem alta sobreposição espacial e temporal (sazonal e diária) dos sítios de vocalização, serão feitas análises dos cantos de anúncio para verificar a existência de diferenças em características de suas vocalizações. Serão feitas análises de variação genética (usando o DNA mitocondrial) e morfológica de algumas espécies para testar se os indivíduos de anuros de cada lagoa constituem uma população funcional independente. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.