Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular e bioquímica de proteínas envolvidas na transdução de sinal em Plasmodium falciparum

Processo: 02/02610-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2003
Vigência (Término): 31 de março de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Célia Regina da Silva Garcia
Beneficiário:Luciana Madeira da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/00410-2 - Biologia celular e molecular do Plasmodium: aspectos comparativos do estudo da transdução de sinal na relação parasita-hospedeiro, AP.TEM

Resumo

O ciclo de vida dos parasitas da malária é caracterizado por uma grande diversidade de estágios e uma complexa interação com o hospedeiro vertebrado e o mosquito vetor. Nosso laboratório reportou que a sincronia no ciclo intraeritrocítico de Plasmodium falciparum é sinalizada pelo hormônio melatonina, produzido na glândula pineal do hospedeiro. Em meu projeto de Mestrado foi proposta a clonagem do receptor de melatonina deste parasita; porém, as estratégias utilizadas não permitiram alcançar este objetivo, uma vez que tinham como pressuposto uma homologia entre receptores de vertebrados e o receptor do protozoário causador da malária. Por outro lado, foi clonado um novo gene de Plasmodium, denominado PfRACK, o qual tem homologia com receptores para quinase C ativada e pode ter importantes implicações para o conhecimento das vias de sinalização deste parasita, uma vez que proteína quinase C está envolvida também com ciclo celular. Para o Doutorado Direto propomos uma caracterização bioquímica da PfRACK e a continuidade do projeto de Mestrado, utilizando uma nova estratégia com screening de uma biblioteca de expressão de cDNA de P. falciparum em células COS-7. Esta estratégia tem como princípio fundamental a característica funcional deste receptor, ou seja, sua capacidade de ligação à melatonina. Após a clonagem, faremos uma caracterização farmacológica deste receptor. (AU)