Busca avançada
Ano de início
Entree

Neuroquímica do giro do cíngulo anterior em pacientes com transtorno bipolar do humor através da espectroscopia de próton (1H) por ressonância magnética

Processo: 99/02253-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 1999
Vigência (Término): 31 de agosto de 2001
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Pesquisador responsável:Beny Lafer
Beneficiário:José Antonio de Mello Siqueira Amaral
Instituição-sede: Instituto de Psiquiatria Doutor Antonio Carlos Pacheco e Silva (IPq). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neuroimagem   Transtorno bipolar   Giro do cíngulo   Ressonância magnética   Espectroscopia

Resumo

Estudos de neuroimagem apontam alterações funcionais e estruturais em pacientes deprimidos com transtorno unipolar ou bipolar do humor. Estudos recentes utilizando técnicas de neuroimagem detectaram alterações na área do giro do cíngulo anterior. Este projeto pretende, através do método de espectroscopia de próton por ressonância magnética, pesquisar alterações dos níveis de n-acetilaspartato e colina na região do giro do cíngulo anterior em 20 pacientes com transtorno afetivo bipolar em fase depressiva e em eutimia, e comparar com controles normais. Tais dados podem auxiliar no esclarecimento da fisiopatologia dos transtornos do humor e oferecer perspectivas para o desenvolvimento de novos tratamentos. O estudo será prospectivo e controlado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BENY LAFER; JOSÉ ANTONIO DE MS AMARAL. A utilização da espectroscopia de lítio por ressonância magnética (7Li-MRS) no transtorno bipolar. Revista Brasileira de Psiquiatria, v. 23, p. 55-57, Maio 2001.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.