Busca avançada
Ano de início
Entree

O estudo da máquina de dupla excitação

Processo: 01/13658-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Circuitos Elétricos, Magnéticos e Eletrônicos
Pesquisador responsável:Ana Cristina Cavalcanti Lyra
Beneficiário:Alisson Moisés Moreira de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Com alimentações via rotor e estator, a utilização da Máquina de Indulção de Dupla Excitação em Malha Fechada permite um controle de velocidades mais eficiente e preciso que os controles convencionais, evitando perdas desnecessárias de energia. Em malha fechada, injeta-se freqüência síncrona no estator e a freqüência de escorregamento instantâneo no rotor, o que permite atuar e controlar o ângulo elétrico entre os campos de estator e rotor. Desta forma, explora-se a relação ângulo-torque-velocidade da máquina. Pretende-se controlar o torque e a velocidade através do ângulo das tensões de rotor. Com o uso de um sistema de controle, pode-se chegar a um sistema com resultados aproximadamente lineares para a velocidade de regime. Através de um modelo estático pode-se prever que a máquina de dupla de excitação possa ser usada para compensação de reativos como ocorre na máquina sícrona. Assim, a máquina de dupla excitação apresenta propriedades interessantes com um controle de velocidades eficiente com redução das perdas de energia além de permitir a utilização para compensação reativos, de forma que o domínio de suas técnicas de operação pode agregar um forte aliado na solução dos problemas de energia atuais. (AU)