Busca avançada
Ano de início
Entree

Neurodegeneração em modelos experimentais para isquemia/reperfusão e Doença de Huntington

Processo: 00/04865-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Roger Frigério Castilho
Beneficiário:Evelise Neves Maciel
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

Anualmente, milhões de pessoas morrem ou passam a sofrer déficit neurológico permanente devido a lesões cerebrais decorrentes de processos isquêmicos e alguns milhares devido a progressiva neurodegeneração na Doença de Huntington. Ainda não se estabeleceu nenhum tratamento farmacológico que seja altamente eficaz nestas patologias. Assim, se faz necessária intensa pesquisa tanto para melhor entendimento de mecanismos moleculares e celulares que levariam a disfunção ou morte neuronal, assim como pesquisa com o intuito de propor novas abordagens farmacológicas para prevenir, bloquear ou retardar a neurodegeneração nestas patologias. Neste Projeto de Pesquisa, propomos: (a) Caracterizar a homeostase iônica intracelular (Ca2+, H+, Na+), função mitocondrial, estresse oxidativo e transição de permeabilidade mitocondrial em modelos in vitro (mitocôndrias isoladas, cultura primária de células neuronais de cerebelo e de estriato) e in vivo (lesão de estriato por infusão intracerebral de ácido quinolínico) para o estudo da morte celular na isquemia/reperfusão cerebral. (b) Caracterizar a homeostase iônica, funções mitocondriais e estresse oxidativo em preparações de cérebro (sinaptosomos) de camundongos transgênicos para a doença de Huntington. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MACIEL, Evelise Neves. Permeabilidade mitocondrial transitoria na excitotoxicidade e na lesão neuronal da acidemia metilmalonica. 2004. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.