Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de marcadores AFLPs ligados ao gene de resistência a Papaya ringspot virus, estirpe melancia (PRSV-W) em melão (Cucumis melo L.)

Processo: 02/04832-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2002
Vigência (Término): 31 de março de 2004
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Luis Eduardo Aranha Camargo
Beneficiário:Ana Paula Matoso Teixeira
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Resistência genética   Análise do polimorfismo de comprimento de fragmentos amplificados   Marcador molecular   Cucumis melo

Resumo

Sob o ponto de vista sócio-econômico, o cultivo do melão representa uma importante atividade geradora de empregos e negócios na região nordeste do país, sendo o melão responsável por 17% da receita total gerada com exportações de frutas frescas pelo Brasil no ano de 1999, o que é equivalente a US$27,733 milhões (Agrianual, 2000). Problemas fitossanitários freqüentemente acometem a cultura do melão no nordeste brasileiro, destacando-se, entre eles, doenças causadas por Sphaerotheca fuliginea (oídio), Didymella bryoniae (crestamento gomoso do caule), Xanthomonas curcubitae (manchas das folhas e frutos), PRSV-W, WMV-2 e ZYMV. O vírus PRSV-W é muito comum nos países tropicais e subtropicais, sendo considerado como limitante para diversas cucurbitáceas, principalmente quando a infecção ocorre no início do ciclo. O uso de cultivares resistentes é o método mais eficiente de controle do patógeno. Marcadores moleculares ligados a genes de importância agronômica permitem acelerar o processo de seleção, sendo particularmente interessantes na introdução de genes visando resistência múltipla a patógenos em programas de melhoramento, para isto, a técnica de AFLP é a de maior eficiência na detecção de polimorfismos em melão, tanto por ter melhor resolução quanto pelo número de polimorfismos que permite analisar, quando comparada com RFLP e RAPD. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
TEIXEIRA, Ana Paula Matoso. Identificação de marcadores moleculares ligados a gene de resistência ao vírus do mosaico (PRSV-W) em melão (Cucumis melo L.).. 2004. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.