Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do osteoartrite induzida experimentalmente através da criação da instabilidade mecânica da articulação metacarpofalangeana em equinos: aspectos histológicos e histoquímicos

Processo: 00/01542-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 30 de junho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Delphim da Graça Macoris
Beneficiário:Andrea da Costa Aita
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil

Resumo

Os eqüinos são freqüentemente acometidos por enfermidades articulares de origens diversas. Dentre estas estão as osteoartrites induzidas por excesso de exercício. O modelo experimental que provoca instabilidade da articulação metacarpofalangeana através da desmotomia dos ligamentos colateral lateral e sesamoideano colateral lateral, reproduz os sinais clínicos e patológicos da osteoartrite. Neste estudo propõe-se avaliar a progressão da osteoartrite induzida experimentalmente através dos exames clínico e radiológico, da análise bioquímica e celular do líquido sinovial e da prova do 1,9 dimethylmethylene blue, que permite mensurar os glicosaminoglicanos sulfatados do líquido sinovial. Serão ainda avaliadas as alterações morfológicas e histopatológicas da membrana sinovial e cartilagem articular. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
AITA, Andrea da Costa. Estudo da doença degenerativa articular induzida experimentalmente através da criação de instabilidade mecânica da articulação metacarpofalangeana em eqüinos: aspectos clínicos, histológicos e histoquímicos. 2002. xvi,75 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Jaboticabal.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.