Busca avançada
Ano de início
Entree

Compassos e desajustes: o neo-gótico e o Brasil romântico

Processo: 00/08754-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2001
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2003
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:José Leonardo do Nascimento
Beneficiário:Bianka Tomie Ortega
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História da arte   Cultura brasileira   Gótico   Romantismo   Barroco

Resumo

No Brasil, em meados do século XIX e início do século XX, há, em meio ao Romantismo, a necessidade de criar ambientes significativos, repletos de sugestões culturais e emotivas, manifestadas através da construção de edifícios civis e monumentos religiosos em Estilo Eclético. Ocorreu, de fato, a passagem do Estilo puramente Barroco para o Ecletismo e, no interior do Ecletismo, evidencia-se a vertente Neo-Gótica, destacando-se a influência da cultura francesa no Brasil, como um elemento determinante nesse processo. Assim, negando afirmações que dizem respeito à escolha do Neo-Gótico empregado às construções religiosas, como "(...) nenhuma dessas obras merece um estudo mais detalhado (...)", (Bruand, 1981, p.42), baseadas na questão de gosto (feio/bonito), a pesquisa busca compreender a existência e ajustes do Neo-Gótico no Brasil, procurando estabelecer um diálogo entre o Romantisopo Francês (início do século XIX) e o Romantismo Brasileiro (final do século XIX e início do XX), em contraposição ao Barroco Colonial Brasileiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ORTEGA, Bianka Tomie. Compassos e desajustes : o neo-gótico e o Brasil romântico. 2003. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Artes do Planalto..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.