Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de proteinases de Paracoccidioides brasiliensis

Processo: 02/01449-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2002
Vigência (Término): 31 de maio de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Rosana Puccia
Beneficiário:Alisson Leonardo Matsuo
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Paracoccidioides brasiliensis

Resumo

O objetivo do projeto é dar continuidade à caracterização de proteinases de Paracoccidioides brasiliensis que vêm sendo estudadas no laboratório. Durante a graduação, o Alisson estagiou no laboratório por três anos em projetos relacionados às proteinases fúngicas. A serino-tiol extracelular (Pb55) é uma enzima de alta atividade específica e seletividade de substratos direcionada às proteínas de membrana basal: é um possível fator de virulência. A atividade enzimática vem sendo caracterizada a partir de sobrenadantes de cultura fracionados por cromatografia, porém a enzima ativa não foi purificada por dificuldades inerentes ao sistema. Da mesma forma, as estratégias para clonagem e expressão de seu gene não foram eficazes. O projeto propõe que novas estratégias sejam aplicadas na purificação da proteína e isolamento de seu gene para expressão da Pb55 recombinante. Em P. brasiliensis, o gene da proteinase homóloga à Lon mitocondrial ATP-dependente foi recentementecaracterizado no laboratório. Lon é uma proteinase de choque térmico, conservada entre as espécies, envolvida com a eliminação de proteínas mal-formadas e proteínas regulatórias de meia-vida curta. Além da caracterização molecular da Pb55, o projeto propõe o isolamento da enzima Pb-Lon recombinante ativa para estudos de especificidade utilizando substratos peptídicos de fluorescência apagada do tipo O-aminobenzoil-peptidil-etilenodiaminobenzidina. (AU)