Busca avançada
Ano de início
Entree

Viabilidade econômica e administrativa de pequenas cooperativas de crédito articuladas em forma de rede: o sistema cresol de cooperativas de crédito com interação solidária

Processo: 99/11975-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2000
Vigência (Término): 31 de março de 2001
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Pesquisador responsável:Antonio Marcio Buainain
Beneficiário:Gilson Alceu Bittencourt
Instituição-sede: Instituto de Economia (IE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cooperativismo agrícola   Desenvolvimento regional   Crédito rural   Cooperativas de crédito   Agricultura familiar

Resumo

O Sistema Cresol de Cooperativas de Crédito Rural foi criado por organizações dos agricultores familiares, com o objetivo de viabilizar o acesso destes agricultores ao crédito rural. O Sistema Cresol iniciou suas atividades em 1995, com apenas 5 cooperativas. Em 1999, já contava com 30 cooperativas localizadas nos três estados do Sul, organizadas em forma de rede, e articuladas através de uma Central de Serviços. Apesar de estar movimentando uma soma considerável de recursos e atendendo um grande número de agricultores familiares, a viabilidade, sustentabilidade e os limites deste sistema de cooperativas de crédito continua uma questão em aberto. O seu sucesso como agente de desenvolvimento local e como canalizador de recursos de crédito aos agricultores familiares poderá fornecer elementos e alternativas que permitam ampliar o acesso do crédito a um maior número de agricultores familiares. Como objetivos deste projeto procurar-se-á identificar e analisar os principais mecanismos e instrumentos de atuação do Sistema Cresol, em particular aqueles que permitiriam superar os principais pontos de estrangulamento e que possa viabilizar o sistema alternativo de crédito rural. A pesquisa focará os critérios para seleção de projetos; os instrumentos de controle de risco; a organização institucional do sistema e redução dos custos de operação; a captação de recursos e remuneração do sistema; e a articulação com outros mecanismos/instrumentos de promoção do desenvolvimento local. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BITTENCOURT, Gilson Alceu. Abrindo a caixa preta : o financiamento da agricultura familiar no Brasil. 2003. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Economia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.