Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de fármacos em fluidos biológicos empregando o acoplamento SPME-LC/MS

Processo: 02/03039-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2002
Vigência (Término): 30 de novembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Fernando Mauro Lanças
Beneficiário:Claudete Alves
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Anticonvulsivantes   Antidepressivos

Resumo

O desenvolvimento de métodos analíticos que separem e quantifiquem fármacos em fluidos biológicos tem um importante papel no processo de aprovação de novos medicamentos O monitoramento terapêutico dos níveis plasmáticos vem sendo utilizado para a avaliação da eficiência terapêutica, em estudos farmacocinéticos, anuência dos pacientes e possíveis efeitos adversos relacionados aos fármacos, ou associação destes. Os métodos convencionais para a determinação de fármacos no plasma baseiam-se amplamente em técnicas cromatográficas e imunoquímicas. No entanto, nos últimos 10 anos, com o avanço das técnicas instrumentais, diversas técnicas tem sido avaliadas para a análise de diferentes fármacos em fluidos biológicos; dentre elas destaca-se a Micro Extração em Fase Sólida (SPME) acoplada a Cromatografia Líquida - Espectrometria de Massas (LC/MS). Este projeto tem como objetivo avaliar e padronizar metodologia analítica, utilizando a técnica recente SPME acoplada a LC/MS para análise de amostras de plasma de pacientes tratados com anticonvulsivantes e antidepressivos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Claudete. \"Análise de fármacos em fluidos biológicos empregando o acoplamento SPME-LC/MS\". 2006. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Química de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.