Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de materiais orgânicos por micro espectroscopia Raman

Processo: 01/13909-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de março de 2002
Vigência (Término): 01 de agosto de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Carlos José Leopoldo Constantino
Beneficiário:Carlos José Leopoldo Constantino
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/10520-4 - Análise de materiais orgânicos por micro espectroscopia Raman, AP.JP

Resumo

Este projeto insere-se no programa FAPESP de Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes a ser desenvolvido junto à FCT/UNESP de Presidente Prudente. Tem como objetivos a descentralização da pesquisa em novos materiais no estado de SP, compondo uma das ações que vêm sendo tomadas visando à formação de um núcleo com tais características na FCT/UNESP, além da minha inserção nesta instituição. O foco do projeto está na fabricação de filmes finos de materiais orgânicos e caracterização destes filmes via espectroscopia vibracional e eletrônica para investigar propriedades ópticas determinantes na aplicação tecnológica destes filmes. Os materiais a serem analisados incluem compósitos de polímeros condutores e produtos de origem natural, polímeros convencionais e com corantes e perilenos oriundos de grupos de pesquisa que já mantêm uma colaboração entre si, sendo este projeto de pesquisa mais um elemento integrador destas colaborações. Os filmes finos serão fabricados a partir das técnicas de Langmuir-Blodgett (LB), automontagem, sublimação a vácuo e casting. A caracterização se dará por micro espectroscopia Raman, que permite também o "mapeamento químico" de superfícies via imagem-Raman e a utilização do espalhamento Raman amplificado em superfície como uma alternativa na análise de filmes finos. As espectroscopias de absorção no infravermelho (FT-IR) e no ultravioleta e visível (UV-vis) e de fluorescência completam o conjunto de técnicas a serem utilizadas neste projeto. (AU)