Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da melatonina sobre as alterações vasculares na inflamação aguda

Processo: 00/06326-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2000
Vigência (Término): 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Pesquisador responsável:Regina Pekelmann Markus
Beneficiário:Celina Monteiro da Cruz Lotufo
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

A presença de ritmo circadiano pode ser detectada tanto em processos inflamatórios agudos quanto em processos inflamatórios crônicos. Em modelo de inflamação crônica induzida na pata de camundongos é observado ritmo, sendo a lesão menor na fase de escuro. Este ritmo é dependente da produção noturna de melatonina pela glândula pineal. No processo de inflamação aguda a administração farmacológica de melatonina apresenta efeito antiinflamatório. Por outro lado, o papel fisiológico da melatonina sobre este processo ainda não está determinado. O processo inflamatório agudo é caracterizado por três fenômenos vasculares principais, que acontecem na microcirculação levando à formação do edema: vasodilatação arteriolar, aumento de permeabilidade vascular e migração de neutrófilos. O objetivo do projeto é verificar o efeito da melatonina sobre as alterações vasculares decorrentes de um processo de inflamação aguda e, quando possível, verificar os mecanismos de ação envolvidos em tais efeitos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: