Busca avançada
Ano de início
Entree

Origem, desenvolvimento e anatomia do sistema subterrâneo (rizóforo) de Dioscorea anomala (Kunth) Gris. e Dioscorea debilis Uline ex R. Knuth (Dioscoreaceae) de campo rupestre da Serra do Cipó (MG)

Processo: 99/00027-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 1999
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Nanuza Luiza de Menezes
Beneficiário:Vanessa de Aquino Cardoso
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:97/00493-2 - Estudos das adaptações anatômicas dos órgãos vegetativos e reprodutivos ao ambiente rupestre, AP.TEM
Assunto(s):Morfologia (anatomia)   Dioscorea   Tubérculos   Raízes e tubérculos alimentícios

Resumo

Dentro da família Dioscoreaceae, Dioscorea é o gênero maior em número de espécies e o mais amplamente distribuído no mundo. Sua principal importância está associada ao sistema subterrâneo que recebe diferentes denominações: tubérculo, bulbilho, raiz tuberosa, etc.; e mais recentemente rizóforo. O presente trabalho, através de estudos anatômicos, tem por objetivos: 1) determinar de que maneira cresce o rizóforo de D. anomala e D. debilis à partir do embrião, 2) compreender as diferentes fases do desenvolvimento, do rizóforo, visando verificar como ocorre a distensão de suas ramificações e 3) interpretar qual seria a posição do rizóforo nas tendências evolutivas dos sistemas caulinares subterrâneos. (AU)