Busca avançada
Ano de início
Entree

Gramaticalização de perífrases conjuncionais na história do português

Processo: 03/01513-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de maio de 2003
Vigência (Término): 17 de junho de 2004
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Sanderléia Roberta Longhin
Beneficiário:Sanderléia Roberta Longhin
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/12005-2 - Gramaticalização de perífrases conjuncionais na história do português, AP.JP
Assunto(s):Gramaticalização   Conjunção   Funcionalismo   Diacronia

Resumo

O objetivo desta pesquisa é o de estudar, na história do português, um mecanismo de produção de perífrases conjuncionais que vem se definindo há séculos e que a qualquer momento pode produzir novas conjunções, a partir da reinterpretação de material lingüístico disponível no repertório da língua. Trata-se, mais especificamente, de investigar, num 'corpus' diacrônico do português, a produção de perífrases conjuncionais do tipo 'advérbio + que', como um caso legítimo de gramaticalização. Para tanto, dois objetivos mais específicos serão contemplados. O primeiro, de natureza teórica, consiste em buscar uma fundamentação teórica mais sólida a respeito do conceito de gramaticalização uma vez que, nas discussões sobre o tema, é possível reconhecer diferentes concepções para esse fenômeno de criação lingüística; e, o segundo, de natureza empírica, consiste em mapear na diacronia a trajetória de gramaticalização de cinco perífrases de base adverbial - 'ainda que', 'antes que', 'assim que', 'já que' e 'logo que' o que só será possível através da descrição do comportamento sintático, semântico e pragmático dos itens envolvidos. (AU)