Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel das cercas-vivas como corredores de deslocamento para aves entre fragmentos da Mata Atlântica

Processo: 02/12100-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Marco Aurelio Pizo Ferreira
Beneficiário:Vagner de Araujo Gabriel
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil

Resumo

A fragmentação do habitat é uma das principais ameaças à diversidade biológica. Entretanto, faixas de vegetação que conectam fragmentos florestais podem servir como corredores para algumas espécies de animais, abrandando os efeitos da fragmentação do habitat. Sabendo que boa parte do território brasileiro encontra-se modificada pelo homem de alguma forma e que pouco tem sido feito para compreender a importância das cercas-vivas no movimento de animais, especialmente de aves, entre fragmentos florestais de áreas tropicais, este projeto pretende investigar o papel das cercas-vivas no deslocamento de aves frugívoras e insetívoras em uma área fragmentada no interior do estado de São Paulo. Pretende-se responder às seguintes perguntas: 1. As cercas vivas realmente funcionam como corredores de deslocamento para as aves?; 2. Quais espécies de aves utilizam as cercas-vivas?; 3. Como é a disponibilidade alimentar (frutos e artrópodes) nas cercas-vivas em comparação com os fragmentos florestais ao longo do ano? e 4. Como é a estrutura vegetal das cercas-vivas em comparação com os fragmentos florestais? Para isso as aves serão capturadas (com redes de neblina), marcadas (com anilhas) nas cercas-vivas e nos fragmentos florestais que elas conectam. A disponibilidade de frutos e artrópodes que ocorrem nas cercas-vivas e nos fragmentos florestais e a estrutura da vegetação destes diferentes habitats serão avaliadas e relacionadas à abundância das aves. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GABRIEL, Vagner de Araujo. Uso de cercas-vivas por aves em uma paisagem de Mata Atlântica semidecídua. 2005. 77 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Instituto de Biociências Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.