Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da adubação orgânica no crescimento, desenvolvimento e produção da bananeira (Musa sp.) cv prata e na melhoria das condições de solo

Processo: 02/11484-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2003
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Roberto Lyra Villas Boas
Beneficiário:Erval Rafael Damatto Junior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Adubação   Adubos orgânicos   Musa   Bananeira

Resumo

Com o intuito de avaliar os efeitos de diferentes doses de adubo orgânico no crescimento, desenvolvimento e produção da bananeira (Musa sp. cv 'Prata'); na qualidade dos frutos e os benefícios decorrentes deste incremento de matéria orgânica ao solo, o presente trabalho esta sendo desenvolvido nas dependências da Faculdade de Ciências Agronômicas / UNESP/Botucatu-SP. O composto será gerado no Departamento de Recursos Naturais - Ciência do Solo, utilizando-se serragem de madeira (rica em carbono) e o esterco de bovino (rico em nitrogênio) proveniente do confinamento dos novilhos precoce do projeto temático "Crescimento de bovinos de corte no modelo biológico superprecoce" financiado pela FAPESP processo nº 99/05195-5. O plantio será realizado no mês de outubro de 2002, com mudas retiradas de bananeiras dacv. 'Prata', adotando-se o espaçamento de 2,5m entre linhas e 2,5m entre plantas. O cultivo da bananeira bem como a aplicação do composto estão sendo realizados no pomar da FCA, pertencente ao Departamento de Produção Vegetal - Horticultura. Os tratamentos empregados serão formados por diferentes doses de composto orgânico: T1 = dose zero do composto (Testemunha); T2 = dose de 75% do composto; T3 = dose de 150% do composto; T4 = dose de 225% do composto; T5 = dose de 300% do composto, sendo as doses calculadas de acordo com o teor de potássio presente no mesmo. No solo serão avaliados os benefícios da adubação orgânica, através de análises químicas de amostras de solo. A eficiência dos tratamentos no desenvolvimento e produtividade das plantas será avaliada através dos teores de elementos minerais presentes nas folhas, diâmetro médio do pseudocaule, altura média de inserção da inflorescência, número médio de folhas por planta, massa média do cacho e número médio de frutos por planta. A qualidade dos frutos será avaliada através de análises físicas e químicas, como perda de massa, desenvolvimento de doenças, textura, pH, acidez total titulável, sólidos solúveis totais, amido e açúcares. O delineamento experimental adotado será em blocos casualizados, com 5 tratamentos, 5 repetições e 2 plantas por parcela. Os dados serão submetidos à análise de regressão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ERVAL RAFAEL DAMATTO JUNIOR; ROBERTO LYRA VILLAS BÔAS; SARITA LEONEL; DIRCEU MAXIMINO FERNANDES. Alterações em propriedades de solo adubado com doses de composto orgânico sob cultivo de bananeira. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 28, n. 3, p. -, Dez. 2006.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
JUNIOR, Erval Rafael Damatto. Efeitos da adubação com composto orgânico na fertilidade do solo, desenvolvimento, produção e qualidade de frutos de bananeira 'prata-anã' (Musa AAB). 2005. 70 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu). Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.