Busca avançada
Ano de início
Entree

Incorporação da doxorrubicina em microemulsões estabilizadas por fosfadidilcolina de soja e estudo da atividade antitumoral através de células in vitro

Processo: 02/05950-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2002
Vigência (Término): 31 de julho de 2004
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Anselmo Gomes de Oliveira
Beneficiário:Thalita Pedroni Formariz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Microemulsão   Cultura de células   Células tumorais   Neoplasias   Liberação controlada de fármacos

Resumo

Microemulsões (ME) são dispersões isotrópicas, transparentes, termodinamicamente estáveis, usualmente formadas por misturas de quatro componentes, água, óleo, tensoativo e co-tensoativo. Apresentam grande potencial como sistemas de liberação e de direcionamento de fármacos, pelas propriedades de solubilizar drogas hidrofílicas em meio lipofílico ou lipofílicas em meio aquoso. O objetivo desse projeto é o desenvolvimento de um sistema microemulsionado contendo misturas de Óleo de Rícino Polioxil-40-Hidrogenado (ORPH)/Fosfatidílcoíina de Soja (FS) como tensoativo, Oleato de cotesterol como fase oleosa e tampão Tris-HCI, pH 7,2 como fase aquosa. Na fase posterior serão estudados os parâmetros de incorporação do antitumoral Doxorrubicina (DOX) na fase interna íipossolúvel, a liberação in vitro e avaliada a atividade antiproliferativa in vitro. Nesse estudo serão utilizandas nove linhagens de células tumorais humanas, K-562 (leucemia), MCF-7 (mama), NCI-ADR (mama, expressando fenótipo de resistência múltipla as drogas), NCI-460 (pulmão), UACC-62 (melanoma), HT-29 (cólon), PC-03 (próstata), OVCAR-05 (ovário) e 786-0 (renal). Os resultados serão obtidos através de um método colorimétrico utilizando um corante especifico para proteína, a sulfarrodamina B (SRB). Serão calculadas as porcentagens de inibição de cada amostra e expressa graficamente em uma curva concentração x atividade. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FORMARIZ, Thalita Pedroni. Incorporação da doxorrubicina em microemulsões estabilizadas por fosfatidilcolina de soja e estudo da atividade antiproliferativa In Vitro através de cultura de células. 199 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Farmaceuticas. Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.