Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de sílica gel quimicamente modificada no desenvolvimento de sensores e biossensores

Processo: 98/12400-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 1999
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Lauro Tatsuo Kubota
Beneficiário:Antonio de Santana Santos
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil

Resumo

O projeto tem como objetivo empregar as metodologias de modificação de superfície de sílica gel, para a imobilização de espécies químicas que possibilitem a utilização destas na construção de biossensores. As espécies a serem imobilizadas são compostas que tenham propriedades mediadoras de elétrons, apresentando um potencial redox baixo (fenoxazinas), e além destas, compostos biológicos ativos com a finalidade de construir biossensores, neste caso, a álcool oxidase e álcool dehidrogenase. O estudo das propriedades eletroquímicas destas espécies imobilizadas deverão ser realizados para verificar a influência da matriz nos processos redox, antes do uso do material para finalidades analíticas. Após estes estudos, o material será empregado para a construção de biossensores e avaliá-los em termos de reprodutibilidade, sensibilidade, estabilidade e custo por análise, comparando-os com outros eletrodos existentes. E aplicá-los para a detecção em sistemas de análise de injeção em fluxo (FIA). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SANTOS, Antonio de Santana. Desenvolvimento de um biossensor amperometrico para alcool, empregando mediadores de eletrons imobilizados sobre SiO2/Nb2O5. 2003. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.