Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese total da (-)-ebelactona A

Processo: 03/01447-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2003
Vigência (Término): 31 de julho de 2005
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Dias
Beneficiário:Caroline da Costa Silva Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Antibióticos   beta-Lactamas   Esterases   Lipase   Síntese total

Resumo

É nossa intenção realizar a síntese total da ebelactona A. As ebelactonas A e B são inibidores de enzimas beta-lactonas, isoladas pelo grupo de Umezawa em 1980, a partir de uma cepa de cultura de solos actinomicetos (MG7-G1 referente a Streptomyces aburaviensis). As Ebelactonas A e B pertencem a um pequeno grupo de inibidores enzimáticos de beta-lactonas que agem como potentes inibidores de esterases, lípases e aminopeptidases localizadas nas membranas celulares de vários tipos de células animais produzindo repostas de imunização. Estes compostos também inibem cutinases produzidas por fungos patogênicos e podem até ser usadas como protetores de plantas. A estrutura da ebelactona A foi determinada por cristalografia de raios X e a da ebelactona B foi proposta baseada na comparação espectroscópica com a ebelactona A. As ebelactonas mostram características estruturais comuns aos macrolídeos antibióticos. A síntese total proposta neste trabalho poderá fornecer quantidades de material adequadas para investigar o modo de ação destes compostos e ainda mais importante, poderá fornecer uma solução para a preparação de análogos estruturais com atividade farmacológica ainda mais destacada e pronunciada. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GONÇALVES, Caroline da Costa Silva. Sintese dos fragmentos C1-C5 e C7-C13 da (-)-Ebelactona A. 2005. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.