Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo biossintético e enzimológico em Piper aduncum (Piperaceae)

Processo: 01/10540-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2002
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Maysa Furlan
Beneficiário:Andreia de Araújo Morandim
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:98/05074-0 - Conservação e uso sustentável da biodiversidade vegetal do Cerrado e da Mata Atlântica: diversidade química e prospecção de medicamentos potenciais, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Enzimologia   Piperaceae

Resumo

O projeto ora apresentado visa à continuidade do trabalho de mestrado desenvolvido pela aluna Andreia de Araújo Morandim (Processo FAPESP 99/09808-1). Este projeto está inserido no programa BIOTA, no contexto do projeto "Conservação e uso sustentável de fitodiversidade do Cerrado e Mata Atlântica: diversidade química e prospecção para as potenciais drogas" (Processo FAPESP 98/05074-0). O projeto de doutorado visará então estudos enzimológicos visando a determinação das condições ótimas de extração da enzima preniltransferase de folhas de Piper aduncum através do monitoramento do pH, temperatura e tempo de incubação, para sua posterior purificação. Esta enzima está envolvida na formação dos cromenos prenilados, que apresentam potencial atividade antifúngica frente aos fungos Cladosporium sphaerospermum e C. cladosporioides. Também pretende-se determinar a rota biossíntétíca envolvida na formação dos cromenos. Os estudos biossintéticos serão monitorados pelos estudos de variabilidade metabólica de diferentes indivíduos de Piper aduncum em uma área previamente determinada. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORANDIM, Andreia de Araújo. Estudo químico, biológico e biossintético em Piper aduncum L. (Piperaceae). 2004. xvii,192 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Instituto de Química Araraquara.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.