Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da emissão de amônia em regiões HII ultracompactas

Processo: 98/00743-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 1998
Vigência (Término): 31 de agosto de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica do Meio Interestelar
Pesquisador responsável:Zulema Abraham
Beneficiário:Anderson Caproni
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Amônia   Regiões HII (astronomia)   Meio interestelar

Resumo

As condições físicas (temperatura, densidade, profundidade óptica, condições de equilíbrio termodinâmico local) de nuvens moleculares e regiões HII ultra-compactas podem ser inferidas da relação de intensidades das transições de inversão rotacional da molécula de amônia (NH^3) na faixa milimétrica do espectro eletromagnético. Com este intuito, estudaremos esta molécula em algumas regiões HII ultra-compactas que apresentam linhas intensas de CS(2-1) e são também fontes IRAS (Bronfman et al. 1996). As fontes mais intensas do hemisfério sul da lista de Bronfman et al. (1996) já foram detectadas em NH^3(J,K)=(1,1) por nós, utilizando o rádio telescópio do Itapetinga, com o auxílio do receptor criogênico de alta sensibilidade. Pretendemos mapear as regiões mais intensas nesta transição e na (2,2) para determinar sua extensão e obter as propriedades das nuvens moleculares associadas a elas e sua relação com outros traçadores de regiões de formação estelar. (AU)