Busca avançada
Ano de início
Entree

Métodos da teoria de campos em física estatística e na matéria condensada

Processo: 00/06938-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de julho de 2000
Vigência (Término): 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Luiz Claudio Marques de Albuquerque
Beneficiário:Luiz Claudio Marques de Albuquerque
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia São Paulo (FATEC São Paulo). Centro Paula Souza (CEETEPS). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:00/03277-3 - Métodos da teoria de campos em Física estatística e na matéria condensada, AP.JP
Assunto(s):Mecânica estatística   Supercondutividade   Teoria de campos   Matrizes aleatórias   Grupo de renormalização   Efeito Hall   Teoria de Chern-Simons

Resumo

A aplicação de métodos desenvolvidos na teoria quântica de campos em problemas da física estatística e da matéria condensada tem sido muito profícua. Em particular, este é o caso na física dos sistemas eletrônicos bidimensionais e (quase) unidimensionais em anos mais recentes. Neste projeto, elaboramos uma proposta de estudo de sistemas da matéria condensada e da física estatística do ponto de vista da teoria de campos. Tópicos discutidos incluem o efeito Hall inteiro e fracionário, sistemas Hall para frações de preenchimento 1/2, e a supercondutividade em altas temperaturas. Teorias efetivas envolvendo o termo de Chern-Simons são enfatizadas. Propomos também um estudo de pontos multicríticos, em particular o ponto de Lifshitz e teorias efetivas do ponto tricrítico usual com o termo de Chern-Simons. Discutimos ainda a teoria da reptação para a dinâmica de polímeros entrelaçados, e as aplicações em soluções de DNA. Finalmente, propomos um estudo de modelos estatísticos (Ising e Potts) em redes aleatórias, e discutimos a aplicação da teoria das matrizes aleatórias em sistemas eletrônicos desordenados e vidros de spin. O ponto de vista utilizado é o da teoria de campo efetiva, a as técnicas empregadas envolvem o grupo de renormalização e a teoria das matrizes aleatórias. (AU)