Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo comparativo das propriedades mecânicas dos ensaios de flexão em três pontos e do impacto realizados em fêmures de coelhos

Processo: 97/03569-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 1997
Vigência (Término): 31 de agosto de 1999
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Antônio Carlos Shimano
Beneficiário:Adriano de Jesus Holanda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica   Fêmur de animal   Propriedades mecânicas   Coelhos

Resumo

O osso é um material visco-elástico, portanto a ação da velocidade na realização de fraturas ósseas provavelmente tem influência na variação de suas propriedades mecânicas. Com a finalidade de estudar as propriedades mecânicas, este trabalho de pesquisa experimental, tem como objetivo analisar e avaliar comparativamente as propriedades mecânicas de fêmures de coelhos quando submetidos aos ensaios mecânicos estático e dinâmico. Dentre os vários tipos de ensaios estáticos existentes, neste trabalho serão realizados os ensaios de flexão em três pontos. Estes ensaios serão realizados na Máquina Universal de Ensaio do Laboratório de Bioengenharia da FMRP-USP. O ensaio dinâmico a ser utilizado neste trabalho será o ensaio de impacto. Os ensaios serão realizados na máquina de impacto do Departamento de Materiais da EESC-USP. O trabalho será dividido em dois grupos experimentais, com vinte (20) fêmures cada, retirados de coelhos da raça Nova Zelândia. Para o ensaio de flexão em três pontos serão utilizados vinte (20) fêmures esquerdos onde serão analisadas as seguintes propriedades mecânicas: limites máximos de tensão e deformação, limites de proporcionalidade da tensão e deformação, resiliência (energia absorvida na fase elástica), tenacidade (energia absorvida até a ruptura) e módulo de elasticidade equivalente. As fraturas serão avaliadas também macro e microscopicamente. Para o ensaio de impacto serão utilizados vinte (20) fêmures direitos onde serão analisadas as energias absorvidas no impacto. As fraturas serão avaliadas macro e microscopicamente. (AU)