Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das funções dos homólogos do gene pumilo de Arabidopsis thaliana durante o desenvolvimento do vegetal

Processo: 01/12615-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2002
Vigência (Término): 31 de maio de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Ronaldo Bento Quaggio
Beneficiário:Elaine Cristina Favaro
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

O Pumilio é uma proteína que se liga a RNA que pode ser encontrada em diversas espécies como vermes, moscas, leveduras, humanos e em Arabidopsis. Em todos esses indivíduos evolucionariamente distintos, o Pumilio está envolvido na interação com mRNAs alvo, inibindo sua tradução, em processos de diferenciação celular. O seqüenciamento do genoma de Arabidopsis thaliana identificou a presença de quatro homólogos do pumilio de Drosophila, sendo que três cópias estão situadas no cromossomo II (com alto grau de identidade), APum-1, APum-2 e APum-3, e a quarta está presente no cromossomo IV, APum-4. Experimentos realizados em nosso laboratório (dados da minha dissertação de mestrado) mostrou que a expressão de APum-2 se concentra nos meristemas do caule e da raiz e. Além disso, plantas expressando APum-2 constitutivamente apresentaram desenvolvimento sem dominância apical e com grande formação de ramos, folhas e raízes. Entretanto, não foram obtidas plantas transformadas com um sistema que reprime sua expressão o que pode indicar que a ausência desta proteína seja letal. O objetivo deste projeto é determinar se os dois outros genes pumilio do cromossomo II de Arabidopsis possuem localização e atividades redundantes com APum-2, ou se são distintos. Isto será analisado através de construções repórteres e de fenótipos obtidos por plantas transgênicas carregando um sistema induzível de anti-sense que interferirá na expressão de cada um dos genes individualmente. (AU)