Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da influência do estado de conservação de rodovias nas emissões de gás carbônico por veículos de transporte de cargas

Processo: 02/05736-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2002
Vigência (Término): 31 de agosto de 2003
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Pesquisador responsável:José Vicente Caixeta Filho
Beneficiário:Daniela Bacchi Bartholomeu
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Transporte de carga   Transporte rodoviário   Emissão de gases   Gases do efeito estufa   Dióxido de carbono   Créditos de carbono   Mudança climática

Resumo

Com o processo de privatização da malha rodoviária brasileira iniciado na década de 90, houve a instalação de inúmeras praças de pedágio nas rodovias sob concessão da iniciativa privada. Como conseqüência, tal fato eleva os custos do transporte rodoviário de cargas e acaba incentivando os motoristas a utilizarem rodovias vicinais. Entretanto, estas rodovias alternativas apresentam pior estado de conservação, maior número de buracos, sinalização precária etc., o que acaba exigindo maiores esforços do caminhão e acarretando maiores emissões de gás carbônico. O presente trabalho tem como principal objetivo quantificar a diferença de emissões de gás carbônico por caminhões em rotas importantes do Estado de São Paulo em trajetos em diferentes estados de conservação e, em seguida, analisar como o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) pode vir a auxiliar na redução das taxas de emissões de gás carbônico, através de negociações de créditos de Carbono. Os resultados obtidos serão analisados com o apoio de técnicas de estatística descritiva. (AU)