Busca avançada
Ano de início
Entree

Disautonomia em Doença de Parkinson: um estudo clínico, prospectivo, de uma série nacional

Processo: 98/00705-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 1998
Vigência (Término): 31 de maio de 2000
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Henrique Ballalai Ferraz
Beneficiário:Carlos Frederico Leite de Souza Lima
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Parkinson   Hipotensão ortostática

Resumo

A doença de Parkinson afeta indivíduos principalmente acima dos cinquenta anos e a maior parte de suas manifestações pode ser razoavelmente controlada com levodopa. A despeito disso, uma parte da sintomatologia pode não melhorar já que lesões de sistemas não dopaminérgicos parecem estar envolvidas. Como exemplo, temos as manifestações disautonômicas que, quando proeminentes, são a causa do insucesso terapêutico caso não sejam adequadamente tratadas. A prevalência da disautonomia na doença de Parkinson é objeto de controvérsia. Alguns autores têm considerado esta associação infrequente, enquanto outros a descrevem como muito comum. Portanto, ainda hoje é desconhecida a real prevalência do envolvimento do sistema nervoso autônomo no parkinsonismo idiopático. Realizaremos assim, estado clinico de acompanhamento ambulatorial de pacientes com diagnóstico de doença de Parkinson. É nossa intenção avaliar a frequência de disautonomia em uma amostra destes pacientes e correlacionar estas manifestações com depressão psíquica e o desempenho motor e gravidade de evolução da doença. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)