Busca avançada
Ano de início
Entree

Permanências do romantismo no imaginário da Primeira República: uma análise de casos de suicídios por amor, na cidade de São Paulo entre 1910 e 1920

Processo: 96/03366-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 1996
Vigência (Término): 31 de março de 1999
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Nicolau Sevcenko
Beneficiário:Valéria dos Santos Guimarães
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imaginário   Suicídio   Romantismo

Resumo

O projeto versa sobre a hipótese de haver o que eu chamo de uma Permanência do Romantismo, no sentido, psicológico, no imaginário paulistanos da 1ª República, pretendendo ter como provas incontestáveis uma série de crônicas de suicídios por amor extraídos do jornal O Estado de São Paulo. (AU)