Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta imunológica tipo celular em animais portadores de Tumor Ascítico de Ehrlich e tratados com titanocenos

Processo: 97/11455-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 1998
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Mary Luci de Souza Queiroz
Beneficiário:Marize Campos Valadares
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antineoplásicos   Resposta imune   Compostos organometálicos   Titânio

Resumo

Importância crescente está sendo atribuída à atividade antitumoral de diversos compostos metálicos como vanádio, ródio e em particular o titânio, mais precisamente o diciclopentadienildiclorotitânio IV (DDCT). Este composto de titânio possui atividade antitumoral comprovada contra diversas linhagens tumorais, bem como contra o Tumor Ascitico de Ehrlich. Trabalhos na literatura indicam a participação do sistema imune na ação antitumoral do DDCT. Em estudos anteriores observamos um efeito protetor do DDCT em animais portadores do tumor de Ehrlich, o qual se deve, pelo menos em parte ao estimulo da atividade hematopoiética (CFU-GM). Dando prosseguimento a este trabalho vamos investigar os efeitos do DDCT sobre a capacidade proliferativa de linfócitos T, produção de citocina (IF, IL-2, IL-4, IL-6, IL-10 e IL-12) e a atividade funcional de células NK. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
VALADARES, Marize Campos. Avaliação de alguns aspectos da resposta imune tipo celular em animais portadores do tumor ascitico de Ehrlich e tratados com titanocenos. 2002. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.