Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptação e estratégias de subsistência de sociedades forrageiras pré-históricas da região de Lagoa Santa, Minas Gerais: uma abordagem paleoetnobotânica

Processo: 02/11282-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2003
Vigência (Término): 31 de março de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Pesquisador responsável:Walter Alves Neves
Beneficiário:Daniela Gonçalves Rodrigues da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antropologia ecológica   Arqueologia pré-histórica   Flotação   Paleoíndios

Resumo

O projeto de mestrado aqui proposto tem como objetivo central avaliar modelos micro-evolutivos das estratégias de subsistência de sociedades forrageiras do "Brasil Central durante o final do período Pleistoceno, e início do período Holoceno, segundo um perspectiva paleoetnobotânica. A pesquisa a ser desenvolvida insere-se dentro do projeto temático coordenado pelo Dr. Walter A. Neves (Laboratório de Estudos Evolutivos Humanos - IB/USP) Origens e Micro-Evolução do Homem na América: uma abordagem paleoantropológica (FAPESP No. 99/00670-7). Apesar da importância dos recursos vegetais nos diferentes modelos de adaptação e subsistência das populações pré-históricas neotropicais e da importância que os vestígios botânicos em contextos arqueológicos têm para testar e refinar os modelos de subsistência propostos, pouco se conhece sobre paleoetnobotânica das regiões neotropicais, sobretudo no Brasil onde esta área do conhecimento é quase que completamente desconhecida. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.