Busca avançada
Ano de início
Entree

Liberação de flúor e alumínio por cimentos ionoméricos e seu efeito na acidogenicidade de S. mutans e na formação e composição da placa dental experimental

Processo: 98/00496-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 1998
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2000
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Jaime Aparecido Cury
Beneficiário:Mitsue Fujimaki Hayacibara
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cimentos dentários   Cimentos de ionômeros de vidro   Flúor   Alumínio   Placa bacteriana   Streptococcus mutans

Resumo

A propriedade dos cimentos ionoméricos em interferir com o desenvolvimento de cárie tem sido relacionada com a liberação de flúor (F), o qual pode agir na desmineralização-remineralização do esmalte-dentina e/ou por sua ação antimicrobiana. Por outro lado, estes materiais liberam outras substâncias químicas que poderiam potencializar a ação antibacteriana do F. Entre estas, o alumínio (Al) é conhecido por formar complexos estáveis com o F e inibir a ATPase de microrganismos bucais. A liberação simultânea de F e Al por cimentos ionoméricos tem sido avaliada, mas não tem sido feito estudos sobre a importância desta associação em termos de ação antimicrobiana. Em acréscimo, ocorreram nos últimos anos desenvolvimento de produtos ionoméricos contendo resina, não sendo conhecida a propriedade destes materiais em termos de liberação de F-Al. Assim, o objetivo deste trabalho será relacionar a liberação de F-Al por materiais ionoméricos com a sua ação antibacteriana. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.