Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e aplicações de metodologias para o estudo da dinâmica lenta em sólidos por ressonância magnética nuclear uni e bidimensional

Processo: 97/13059-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 1998
Vigência (Término): 30 de novembro de 2001
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Tito José Bonagamba
Beneficiário:Eduardo Ribeiro de Azevedo
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Ressonância magnética nuclear   Espectroscopia de ressonância magnética nuclear

Resumo

Embora existam muitos métodos sofisticados para espectroscopia de RMN em líquidos e sólidos com spin 1/2, o mesmo não ocorre com núcleos que possuem momento quadrupolar. Como estes núcleos podem dar informações precisas sobre os gradientes de campo elétrico, a determinação dos tensores que descrevem as interações quadrupolar e de deslocamento químico é de enorme valor para determinações estruturais. Neste trabalho, se pretende enfatizar a descrição e o desenvolvimento de novas metodologias para o estudo de núcleos quadrupolares por RMN. Para isto pretende-se estudar, teoricamente e por meio de simulações, os métodos multidimensionais recentemente propostos e analisar a eventual vantagem da sua aplicação a problemas envolvendo núcleos quadrupolares. Deverão também ser desenvolvidas e implementadas metodologias específicas para o estudo de núcleos quadrupolares. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
AZEVEDO, Eduardo Ribeiro de. Novas metodologias de ressonância magnética nuclear para o estudo da dinâmica lenta em materiais orgânicos no estado sólido: aplicações em polímeros e proteínas. 2001. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.