Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da replicação dos vírus da hepatite murina em macrófagos ativados por interferon gama: ligação dos vírus à membrana celular e modulação da ativação autócrina e parácrina

Processo: 02/00038-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2002
Vigência (Término): 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Carlos Augusto Pereira
Beneficiário:Cristiani Moreira
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vírus da hepatite murina   Interferon gama

Resumo

Os MtHV podem causar diversas doenças em camundongos. Os MHV3 induzem hepatite fulminante e os MHVA59 encefalite e camundongos susceptíveis. Vários estudos demonstraram a presença de receptores virais em células alvos. Foi demonstrada que a ativação de macrófagos com IFNg é importante na resistência à infecção pelos MHV3. Macrófagos podem ser ativados por IL12 + IL18, de forma parácrina pelo IFNg produzido por células T e NK, ou de forma autócrina por IFNg sintetizado pelos próprios macrófagos. Muitas das atividades dos macrófagos são mediadas por óxido nítrico (NO) que é sintetizado pelo óxido nítrico sintetase (iNOS) a partir da arginina. Uma das conseqüências do metabolismo da arginina é também a síntese das poliaminas derivadas da ação da arginase I que influem na replicação viral. A inibição da síntese de poliaminas pode ser obtida pela ação do DFMO e como conseqüência pode-se observar uma inibição da replicação viral. O objetivo deste trabalho é: 1. estudar a capacidade de ligação dos MHV à proteínas de membrana de macrófagos de camundongos A/J e BALB/c ativados com IFNg; 2. a ativação autócrina dos macrófagos com IL12/IL18 e inibição da replicação viral via síntese de IFNg e 3. a modulação da replicação viral em macrófagos com ativadores e/ou inibidores de poliaminas. (AU)