Busca avançada
Ano de início
Entree

Protocolo de seleção e avaliação em idosos com deficiência auditiva adquirida para um programa de reabilitação audiológica

Processo: 98/15704-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 1999
Vigência (Término): 30 de setembro de 1999
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Iêda Chaves Pacheco Russo
Beneficiário:Katya Guglielmi Marcondes Freire
Instituição-sede: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Avaliação audiológica   Reabilitação de deficientes auditivos   Idosos

Resumo

A prática clínica e a literatura têm demonstrado a importância do programa de reabilitação audiológica para indivíduos idosos portadores de deficiência auditiva adquirida, tomando indiscutível a sua utilidade. Porém, será que tais programas se destinam a todos esses idosos? Que tipo de critérios e avaliação deve preceder a inserção do idoso deficiente auditivo num programa de reabilitação? E quais os aspectos que devem ser abordados dentro desse programa? Com base nestas questões foi traçado o objetivo deste trabalho: "Propor um protocolo de avaliação para idosos com deficiência auditiva adquirida, que permita identificar a necessidade individual de um programa de reabilitação audiológica e os aspectos a serem abordados nesse programa". Para isto serão selecionados 50 indivíduos idosos de ambos os sexos, com idade mínima de 60 anos, portadores de deficiência auditiva adquirida, com indicação médica do uso do aparelho de amplificação. Para a elaboração do protocolo, primeiramente será aplicado o AMAR (Alpiner-Meline Aural Rehabilitation Screenning), instrumento desenvolvido por ALPINER, MELINE e COTTON (1991), que permite identificar quais os idosos deficientes auditivos que necessitam da reabilitação audiológica. Os idosos selecionados, segundo os critérios do AMAR, passarão por uma avaliação global (holística) com o objetivo de identificar quais os aspectos mais importantes que deverão ser abordados na reabilitação. Os aspectos a serem avaliados, baseados nos roteiros propostos por KRICOS & LESNER (1995), serão: físico, psicossocial e de comunicação. Com isso, pretende-se mostrar a importância da avaliação antes da reabilitação para se saber quais os pacientes que necessitam de um programa de reabilitação audiológica e quais os aspectos que devem ser abordados nesse programa. (AU)